Globalistas querem pagar mais impostos para ampliar influência política

George Soros (Investor, Finanzier, Open Society Foundation), Foto: www.stephan-roehl.de

Os metacapitalistas George Soros (Fundação Open Society), Chris Highes (co-fundador do Facebook), Abigail Disney (herdeiras da Disney) e outros bilionários dos Estados Unidos, publicaram uma carta aberta pedindo para que o próximo presidente americano crie um novo imposto, sobre a fortuna de pessoas como eles. A ação tem claros objetivos políticos e ideológicos.

1º interesse: apoiar candidata da esquerda (Partido Democratas) para corrida presidencial em 2020

O grupo de 18 bilionários pertencente a 11 famílias, apresenta essa aparente caridosa proposta, justamente após a Senadora do Partido Democratas, Elizabeth Warren, ter feito basicamente a mesma proposta no Senado americano. Ela é atualmente, pré-candidata a presidência para 2020. Ou seja, trata-se de um apoio político específico, embora os bilionários tenham dito que a ação comunica-se genericamente ao presidente que for eleito, independente do partido. Na prática, a ação tem claro objetivo de gerar capital político ao Partido Democratas (esquerda).

2º Interesse: melhorar imagem dos globalistas

Outro benefício da proposta seria melhorar a imagem deles, diante de um conservadorismo crescente em todo o mundo e diversas campanhas contra ações desses bilionários, devido à interferência que realizam de forma recorrente por meio de suas fundações e Organizações Não-Governamentais (ONGs), em pautas de extrema esquerda como aborto, ideologia de gênero e outras.

A frase “Cobrem mais impostos de nós”, propagada por toda a grande mídia internacional, e também a brasileira, mostra que a mídia subserviente ao capital financeiro dos metacapitalistas e às suas agendas ideológicas deseja colaborar com o plano de propaganda da elite bilionária que financia tantos projetos da esquerda.

3º Interesse: expandir pautas que já investem por meio de ONGs.

Para os planos progressitas-globalistas, o crescimento do conservadorismo tem apresentado barreiras para a execução de seus trabalhos no campo ideológico. Exemplos disso foram os cortes de recursos feitos pelo presidente Donald Trump ao financiamento de ações e serviços de abortamento em países em desenvolvimento, logo no início do seu mandato. A resposta dos globalistas na época, foi a alocação de mais investimento próprio para compensar “essa baixa” no financiamento da indústria do aborto. Assim, torna-se fundamental que esses globalistas invistam em candidaturas da esquerda, por isso o plano. Quem conhece as estratégias e ações desses globalistas sabe que o pedido de maior cobrança de impostos não é nenhuma caridade para quem já faz doações de milhões de dólares para ONGs atuarem na militância ideológica. Porém, a ação agora visa passar uma imagem de “bons samaritanos”, ao menos para os cidadãos que não conhecem mais profundamente o que pretendem esses bilionários. O objetivo é atingir o cidadão comum que acaba por pensar que todos visam obter lucro e, se alguém propõe algo como pagar mais impostos, estaria realmente agindo de bom coração, de forma descompromissada. Mas a verdade é que esses metacapitalistas não seguem esse lógica simples, que aplica-se aos pequenos e médios empresários.

1 thought on “Globalistas querem pagar mais impostos para ampliar influência política

  1. Excelente texto. Por isso é muito importante o povo inteirar-se da verdade, pois esses fdp tomam decisões que afetam nossa vida diária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *