Feghali, Amorim, Sheherazade e o duplo padrão moral da esquerda

A comunista Jandira Feghali (PCdoB) publicou uma mensagem em seu Twitter se solidarizando pelo afastamento de Paulo Henrique Amorim do Domingo Espetacular, atração dominical da TV Record. Na postagem, a parlamentar da ala dura da oposição, relaciona o desligamento do jornalista ao suposto clima de perseguição e de ataque à liberdade de expressão do governo Bolsonaro. Diz ela: “A liberdade de imprensa vive um de seus piores momentos no Brasil”. E complementa: “É Ditadura que chama, né?”. Veja o post original:

 

Entretanto, a implacável internet, esse monstro de memória imperecível, relembrou que, há uns anos, quando estávamos ainda no governo de Dilma, e a agora esquerdista Rachel Sheherazade ainda era um símbolo da direita, a própria Jandira, essa embaixatriz da liberdade de expressão, pediu a cabeça da jornalista, dizendo: “Ou tira ela do ar, ou [o SBT] recebe punição”.

Isso se deu quando a velha Sheherazade justificou a ação de um grupo de justiceiros que espancou e prendeu em um poste um meliante que aterrorizava a população de um bairro do Rio de Janeiro, mas nunca era preso. Em seu comentário à reportagem, Sheherazade disse que em um cenário como o nosso, de violência endêmica e de Estado omisso ou ineficiente “a atitude dos vingadores é até compreensível”.

Foi por esse comentário que Jandira, agora entusiasta do free speach, moveu Céus e Terra para ver Sheherazade no olho da rua.

A questão é: na cabeça da Jandira Feghali e de gente que pensa como ela, liberdade de expressão só vale quando o emissor é esquerdista radical? A resposta, sem sombra de dúvidas, é, sim.

3 thoughts on “Feghali, Amorim, Sheherazade e o duplo padrão moral da esquerda

  1. O telejornalismo brasileiro está cheio de parasitas vermelhos PEÇONHENTOS que devem sumir da TV a partir de 2020.

    E quem ainda poderá acolher essa raça é a TV Cultura Herzog, da Fundação Padre Anchieta, que o Doria trocou seis por meia-dúzia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *