The Intercept: um dos principais construtores de narrativas da esquerda ataca Lava-Jato

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O site The Intercept de propriedade de Gleen Greenwald, obteve informações colhidas por meio de ataque hacker, que supostamente colocariam em dúvida a credibilidade e a legitimidade da operação Lava-Jato. As informações são de conversas privadas dos smartphones de membros do Ministério Público e o então juiz Sérgio Moro. O atual Ministro Sérgio Moro escreveu logo após a publicação da reportagem do The Intercept dizendo que não há qualquer anormalidade no conteúdo das mensagens.

Criação de narrativas no The Intercept: caso Jean Wyllys

Como foi visto em episódios recentes, Gleen Greenwald, é esposo do deputado David Miranda (PSOL) que assumiu a vaga no Congresso deixada com a renúncia de Jean Wyllys, em seu suposto exílio.  A repercussão internacional da narrativa do exílio de Jean Wyllys foi impulsionada em grande parte graças ao papel de Gleen no The Intercept, que é referência para o jornalismo de esquerda em todo o mundo.

Criação de narrativas no The Intercept: Golpe, prisão de Lula e Lava-Jato

Agora o site The Intercept atua no fomento de mais uma narrativa, onde o aparente desejo de um juiz em auxiliar com a eficácia da Lava-Jato, que enfrenta os mais poderosos grupos de corrupção do Brasil, seria delito pior do que os crimes de corrupção comprovados na justiça.


The Intercept

O veículo foi criado graças a doação de 50 milhões de dólares da First Look Media, uma organização criada pelo fundador do eBay, Pierre Omidyard. Aparentemente, o the Intercept foi criado para transmitir o documentário de Edward Snowden, em 2014. Em 2016, o The Intercept Brasil foi criado sendo o único país a ter uma versão especial do veículo.
(… )
O grupo Pierre Omidyard foi uma das patrocinadoras da rede internacional de Fact Checking (IFCN – International Fact-Checking Network)
(…)
Forças globalistas e soviéticas: enquanto existem diversas evidências de que o The Intercept é um instrumento da esquerda internacional e do globalismo, o general romeno Ion Mihai Pacepa indica que Snowden estaria trabalhando para a inteligência russa.

Leia também: Gabinete de Miranda poderá ser central de espionagem internacional


Leia também: Com ajuda de jornais, fuga do deputado visa blindá-lo de suspeitas e construir ícone


 
 

1 thought on “The Intercept: um dos principais construtores de narrativas da esquerda ataca Lava-Jato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *