Netanyahu não consegue formar governo e novas eleições gerais serão convocadas em Israel

O parlamento israelense, conhecido como Knesset, aprovou nesta quarta-feira (29) sua própria dissolução e também a convocação de novas eleições gerais que serão realizadas, provavelmente, em setembro próximo. E isso após só dois meses desde o último pleito.

Ocorre que, por causa de um racha na sua base aliada, o primeiro ministro Benjamin Netanyahu não conseguiu formar a maioria necessária (coalizão) no parlamento. Inclusive, o próprio “Bibi”, como o premiê é conhecido, votou pela dissolução, pois, caso isso não ocorresse, ele teria que devolver o cargo ao presidente do país Reuven Rivlin que, por sua vez, poderia escolher o opositor de Netanyahu, Benny Gantz, para o cargo de primeiro ministro.

 


 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *