Governo brasileiro denuncia na ONU perseguição a cristãos

Fonte: ONU

Em discurso nesta terça-feira (9), o representante do governo brasileiro nas Nações Unidas, Sérgio Queiroz, alertou para a perseguição contra cristãos onde eles são minoria. “Os cristãos são o grupo mais perseguido no mundo, de acordo com recentes relatórios, especialmente em países onde o Cristianismo é proibido”, afirmou.

Secretário Nacional de Proteção Global do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, Sérgio Queiroz alertou para a necessidade de se garantir a liberdade religiosa como forma de combater o ódio e intolerância. Nas redes sociais, segundo o site UOL, Queiroz escreveu:

“Fiz questão de enfatizar uma inconveniente verdade de que, embora diversas religiões sofram em países onde são minoria, os Cristãos são o grupo mais perseguido no mundo, de acordo com recentes relatórios, especialmente em países onde o Cristianismo é proibido. Essa realidade tem que mudar.”

O governo lembrou à entidade que 87% dos cidadãos brasileiros se declaram cristãos e que devem levar em conta “a dor e perseguição” que outros cristãos sofreram “no passado e hoje pelo mundo”. Ele lembra que existem países em que leis que “restringem” a construção de igrejas e onde a fé não pode ser praticada em público. Queiroz salientou ainda como minorias cristãs estão sendo alvo de prisões e de violência.

Genocídio de cristãos atinge “patamar alarmante”

1 thought on “Governo brasileiro denuncia na ONU perseguição a cristãos

  1. Sabe pq o cristão é o grupo mais perseguido do mundo? Pq cristão ninguém respeita – uma vez que dá a outra face. Os muçulmanos explodem quem faz uma charge em Jornal criticando Maomé. Uma perguntinha: alguém encara o ISLÃ? Não estou dizendo que temos que passar a explodir tudo, não é isso. Mas, tem um ditado que diz: quem muito abaixa a bunda aparece! O Cristão tem que começar a se impor e colocar limites.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *