Canal Brasileirinhos ironiza generais em novo vídeo

A caserna governamental do alto escalão foi o alvo do novo vídeo do Canal Brasileirinhos, conhecido pela acidez das críticas feitas com o humor de frases impagáveis. Neste episódio, Palhaço dá mais um de seus “esporros” direcionado à milicada valente e corajosa que se esconde atrás de cadeirante e tem medo do filósofo que, intrigado, observa animais no zoológico da nossa política.

Santos Cruz e Mourão são os alvos da crítica, além da mentalidade militaresca e oficialista que os adorna o ego. À coragem dos atuais generais contra Olavo de Carvalho, com o apoio de toda a mídia, contrapõe-se a obediência cega que tiveram em governos petistas, além do silêncio diante de diversos acontecimentos nacionais de grande importância, como o atentado contra Jair Bolsonaro.

Em momento crítico da política, militares se unem à grande mídia contra Olavo e Bolsonaro.

“Nunca se deu tanta importância a alguma coisa desde o nascimento da Sasha”

Críticas corrosivas contra a oficialidade, numa irreverência poucas vezes vista, talvez nem mesmo pela esquerda durante o regime militar. Como uma brincadeira com o general Santos Cruz falando como detetive Rabugento, quando fala que a internet deve ser “disciplinada”.

“Se não fosse a indisciplina da internet”, diz o Palhaço, “…Bolsonaro não teria ganho com 7 segundos na TV”. E dispara um recado direto ao general disciplinador:

“você deve a sua salinha aí, seu banquinho, seu cafezinho, aos memes que você quer disciplinar. E se der mole, vai cair pelos memes também”.

A crítica merece ser vista como diagnóstico de uma situação psicológica tipicamente brasileira, onde um grupo ora achincalhado pela imprensa se vê instantaneamente encastelado no poder total de demitir e nomear, e cuja maior ambição é ter “mais gente para mandar”.

Assista o novo vídeo abaixo


 
 

3 thoughts on “Canal Brasileirinhos ironiza generais em novo vídeo

  1. Esse é o tipo de gente que se o Brasil e a sociedade de bem precisar diante de uma ameaça interna ou externa, não servirão nem como “bonecas infláveis” em trincheiras, na hora do cessar fogo.

    E nem tem noção do que é uma depilação à seco, sob sol escaldante, para para depois receber uma loção à base de álcool, antes de sentir a baioneta entrar sem cuspe.

    1. É uma pena que tamanho espetáculo de virilidade por ti vislumbrado esteja de mãos atadas com o maior regime assassino e totalitário de que se tem notícia e promotor do holocausto católico: A China; Além de, orgulhosamente, servirem de soldadinhos globalistas da ONU – conforme afirmou um sorridente Santos Cruz em hangout de Dezembro de 2014 disponível no youtube.
      Aliás, qual a diferença entre estas ‘mãos (não-depiladas) atadas’ pro “ninguém solta a mão de ninguém”? Um é ativo e o outro passivo?

  2. Excelente esse canal e esse vídeo. Como eles dizem, as forças armadas mesmo não tem absolutamente nada a ver com esses generais idiotas, que só se preocupam com suas patentes e se julgam superiores à tropa e principalmente aos civis. Graças a esses pulhas arrogantes a esquerda fincou suas garras de modo tão forte em todos os segmentos da nação. E só pra rimar, Olavo tem razão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *