EUA: Suprema Corte permite perpetuar técnica de aborto por desmembramento no Alabama

A Suprema Corte dos Estados Unidos (EUA) decidiu no último dia 28 de junho de 2019, pela não constitucionalidade da lei aprovada no estado do Alabama, que proibia abortos por técnica de desmembramento (ou mutilação), em abortamentos tardios (ocorridos no segundo trimestre da gestação).

Por conta do estágio avançado de desenvolvimento do bebê (feto), o aborteiro usa a técnica de mutilação e extr...


Você não está autorizado para acessar esta página.

Conteúdo exclusivo para assinantes Estudos Nacionais.

Tenha acesso ilimitado e colabore com a mídia alternativa. Clique aqui e assine por apenas R$ 14,90 ao mês ou faça login abaixo se você já é assinante: