Grupo ecoterrorista e anticristão ameaça Bolsonaro e ministros alinhados a ele

Agência Brasil

A Polícia Federal está investigando a origem de ameaças terroristas ao presidente Jair Bolsonaro e a pelo menos dois ministros, Damares Alves e Ricardo Salles, ambos alinhados às pautas conservadoras nas áreas de direitos humanos e meio ambiente. As ameaças são de ataques a bomba e são assinadas por um grupo intitulado “Sociedade Secreta Silvestre”, que se denomina ecoterrorista e anticristão.

As ameaças tem se intensificado nos últimos dias e preocuparam as autoridades. A revista Veja divulgou informações obtidas nos documentos sobre a organização responsável pelas ameaças, divulgadas pela divisão antiterrorismo da Polícia Federal.

As ameaças vinham sendo postadas em um site e o grupo terrorista é o mesmo que assumiu a autoria de uma bomba caseira que foi desarmada pela polícia na porta de uma igreja próxima ao Palácio do Planalto no dia da posse presidencial.

Recentemente, o grupo terrorista incendiou dois carros em frente à sede do Ibama, em Brasília. O grupo assumiu a autoria e disse que o próximo alvo era o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que já havia sido alvo de um ataque de militantes no início do ano.

Os dois ministros alvos das ameaças são aqueles mais alinhados às pautas culturais do governo Bolsonaro e que incluem militâncias mais agressivas como ambientalismo e multiculturalismo, feminismo etc, pautas combatidas tanto pelo presidente quanto pelos dois ministros alvos das ameaças. O grupo diz lutar pelo meio ambiente e contra a sociedade humana.

Entenda quem é o grupo “Maldição eco-extremista”

O grupo terrorista Sociedade Secreta Silvestre, também chamado de publica manifestos e ameaças através do site Maldición Eco-Extremista, com referências a símbolos pagãos e indígenas da América do Sul, em uma mistura de neopaganismo, eco-terrorismo e anarquismo anti-civilização. Parece compor-se de alguns grupos espalhados por países como Chile, Brasil, Grécia, Espanha, Inglaterra e México.

O site congrega uma série de movimentos de diversos tipos, incluindo o Sociedade Secreta Silvestre, e existe desde 2000, hospedado na Califórnia (EUA). O texto de descrição do movimento, provavelmente escrito há muito tempo, diz que o movimento é pacífico e meramente de estudos, antiviolência. No entanto, considera que para resolver os maiores problemas da humanidade é preciso “considerar os pontos de vista dos críticos e grupos violentos”. Por isso, o site esclarece que os manifestos de grupos violentos são apenas repercutidos pelo site, que os recebe por e-mail e outros contatos dentro de ambientes virtuais de difícil acesso, como a deep web.

A deep web, por ser um ambiente de difícil controle das autoridades, conhecido como “profundezas da internet”, acabou sendo um lugar confortável a todo tipo de crimes, virtuais ou reais, como pornografia infantil, indústria de armas, sequestros, tráfico de drogas e terrorismo.

Em 2016, durante as Olimpíadas, o grupo Sociedade Secreta Silvestre/ITS-Brasil assumiu a autoria da explosão de uma panela de pressão em um Shopping de Brasília. Na ocasião, a polícia não caracterizou como atentado, mas como um acidente. Mais tarde, no site do grupo foi assumida a autoria. Na declaração, o grupo firma que “embora a explosão não tenha ocorrido como esperávamos seguiremos aperfeiçoando nossas técnicas para causar a máxima destruição possível a cada nova ação”.

Durante as Olimpíadas do Rio, o site Vice publicou as ameaças e justificativas do grupo:

O SSS/ITS-Brasil diz “declarar GUERRA aos hiper-civilizados” e informa que atuam em defesa do que chamam da “natureza selvagem”. O grupo eco-extremista, como sugerem as publicações no blog, tem atuações no Brasil, Chile, Argentina e México e se dizem “inimigos eternos de toda a cidadania e de todo o civismo e este evento [as Olimpíadas do Rio] não passará despercebido por nossa frente”.


 
 

6 thoughts on “Grupo ecoterrorista e anticristão ameaça Bolsonaro e ministros alinhados a ele

  1. Sr. Jornalista, não nos envergonhe por não conhecer sua língua pátria! Como vc pode escrever isto: “Recentemente, o grupo terrorista incendiou dois carros em frente à cede do Ibama, em Brasília.”?

  2. Acabar com órgãos de utilidade pública como o DOPS e o DOI-CODI foi como retirar as ratoeiras e espalhar o queijo para CORJA maldita.

    Agora, será preciso muita estricnina para assepsiar o ambiente.

  3. Nossa! Que absurdo! Nem parece que estamos no Brasil! Esse grupo prefere o PT! POR ISSO QUE EU DIGO: NÃO APROVAR LOGO O PACOTE ANTI- CRIME DE MORO, É SER FAVORÁVEL ÀS ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS!

  4. Quando elegemos um Presidente que tem vontade e está empenhado em acabar com á corrupção esses esquerdistas querem voltar ao poder é muito cômodo pra eles já estão com o bolso cheio…Vai em frente Presidente estamos em oração por todos Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *