Esquerda globalista aposta em Tabata Amaral para “renovar” política brasileira

Luis Macedo/Agência Câmara

Markian Kalinoski

A esquerda globalista aposta firmemente em Tabata Amaral – a moça que paira acima das ideologias – para, nas palavras dela, renovar a política brasileira.

As conexões com o movimento Acredito do bilionário Lemann, Huck e outros milionários já foram desbaratadas há alguns anos.

Ela é fruto das idéias desse grupo e atua para emplacar as bandeiras dele. Claro: as metas nunca são radicais e nem de esquerda, segundo ela, apenas baseadas no “bom senso”, no aumento do tamanho do estado, da concentração do poder e com Ciro Gome na presidência.

O que chama a atenção é a velocidade com que ela já vem sendo abraçada pelos palpitadores oficiais e pelos órfãos da esquerda nacional. Inteligência, polidez, articulação, calma, conhecimento de causa, viajada: isso é uma parte do que se disse dela por aí.

Digamos que Velez Rodrigues deu uma bela colaborada e ajudou a antecipar em alguns anos todo o processo.

O uso de mulheres jovens é, talvez, a estratégia de psico-política mais eficiente em jogo atualmente. Por enquanto, não há quem saiba se opor a esse embate desigual que recruta sentimentos e causa reações de naturezas diversas.

A racionalidade, por exemplo, fica de fora da equação.

Veja-se o caso da ativista adolescente sueca Greta Thunberg, de 16 anos, que combate as mudanças climáticas dando palestra e dizendo o que os malvados capitalistas deve fazer. Até Nobel já se aventou para ela. Conquistou, recentemente, as mentes e os corações de Davos com suas falas alarmistas, histéricas, autoritárias, fatalistas, mas cheias de compaixão e engajamento.

A mesma compaixão e o mesmo engajamento que puderam ser vistos na última manifestação de Tabata Amaral:

“Perdi meu pai para as drogas, perdi meus vizinhos para a violência e para crime…”

“A falta de educação mata…”

“Quando a gente fica nessa discussão ideológica e não fala do que é importante…”

Parece que muitos cairão mais cedo do que se esperava na conversa da ativista da educação que denuncia o descalabro do sistema educacional ao mesmo tempo em que fala “haviam metas”, “haviam dados”, “haviam projetos reais”.

A defensora da pauta do bom senso anti-ideológico (e de todo o pacote globalista de política identitária, claro) já vem atuando há um bom tempo, com suas conexões internacionais, como uma peça importante nessa disputa entre globalistas e soberanistas.

Espera-se que, da próxima vez, encontre um contendor à altura do perigo que ela representa.


 
 

17 thoughts on “Esquerda globalista aposta em Tabata Amaral para “renovar” política brasileira

  1. As perguntas a ela devem ser diretas e objetivas.
    “Parece que muitos cairão mais cedo do que se esperava na conversa da ativista da educação que denuncia o descalabro do sistema educacional ao mesmo tempo em que fala “haviam metas”, “haviam dados”, “haviam projetos reais”.”
    Quais metas haviam?
    Quais dados haviam?
    Quais projetos reais haviam?
    Se ela fala que “haviam” metas, dados e projetos que fale quais e por quem foram elaborados.
    Esse tipo de argumento- haviam – foge de perguntas objetivas, diretas e claras como o diabo foge da cruz ou dele mesmo.

    1. Luiza, eu discordo. A meu ver, quando ela pergunta “quais metas haviam?”, ela estava dando chance para o Ministro Vélez mostrar a que veio; e em silêncio ele foi derrotado por seu próprio despreparo.

      Acredito que a deputada já sabia que não haviam metas, dados, projetos; mas a sua colocação foi em tom perfeito para criticar o Ministro sem ofender, dano oportunidade para que o mesmo se defendesse à prensa. Política é esse jogo de debater ideias e envolve também o bom uso da linguagem!

      1. Rômulo, você simplesmente não foi capaz de entender o que o autor quis dizer. Quando está colocado entre aspas que “Quais metas haviam” é para ressaltar que a ilustre deputada, ao falar justamente de educação, comete um erro grave e primário de português, demonstrando ela mesma o fracasso das tais metas que, supostamente, havia. Acabou que vc cometeu o mesmo erro.

  2. Fiquei na dúvida se o texto foi escrito por um lunático olavista, logo analfabeto funcional, ou algum idiota de extrema esquerda que acha que sabe alguma coisa lendo sites patrocinados do PT ou de alguma corrente extremista que o PSOL abraça por caridade. Se for o primeiro, falar de uma corrente que usa a mulher, não podemos esquecer que os esquemas do PSL foram montados justamente para burlar a lei de cotas femininas na hora de distribuir o dinheiro do fundo eleitoral, logo se tem algum lado que usa a mulher para algum ganho indevido não é o segundo que apresentei. De resto, não vejo nada além de oportunismo e cinismo ao falar da deputada, que não tem nada de errado em seu discurso e vem apontando caminhos para educação e questionando o que está sendo feito com a maior máquina pública do país, o MEC. Me parece que o que existe é um ataque prévio a uma figura que visivelmente vai alçar grandes voos na política, então a direita que tá ai e não dura mais um ano e a esquerda fisiológica ligada ao PT e os extremistas malucões que encontram um espacinho para berrar dentro do PSOL (aqueles famosos movimentos internos) estão desesperados com ascensão de alguém realmente preparada intelectualmente.

    1. Preparada em que?
      Chora new left a vitória de Trump foi o começo do fim para vocês.

      1. kkkkk nem vale a pena discutir com uma pessoa analfabeta funcional. Pra te dizer, teu presidente n dura mais um ano e nos EUA o Trump teve uma bela derrota na eleição de setembro, isso aliado a quebra da economia americana prevista para o ano que vem, bye bye Trump, vai ter que voltar a apresentar O Aprendiz.

        1. Caio, chamas os outros de analfabetos funcionais ao mesmo tempo que cometes erros e mais erros de gramática (“não podemos esquecer que”, “Me parece” em início de frase, “alguém realmente preparada”…), e tanto a tua redação quanto o teu vocabulário, em termos não só de elegância, mas também de precisão, são dignos de alguém que passa longe dos livros. És mais um triste exemplo de analfabeto funcional que não apenas não percebe que o é, mas que ainda por cima trata um termo técnico que se lhe aplica como uma ofensa e destila-o raivosamente para cima daqueles de que discorda.

    2. “Realmente preparada intelectualmente”… quantos anos ela tem mesmo? kkkkk
      “Me parece”… começando a frase.
      “Não tem nada de erradoem seu discurso”… só que é de esquerda, é a mesma ladainha de sempre, não funciona e usa sentimentos para confundir
      “PSL burla a lei de cotas femininas”… kkkk, o esquerdinha tapado, TODOS os partidos burlaram esse lei patética de cotas femininas, TODOS, era inevitável que uma lei ridícula, esquerdista como sempre, tivesse que ser burlada, pq é impraticável
      “olavista analfabeto funcional”… kkkk, inteligente mesmo é um esquerdista, ainda mais se tiver “diproma”

  3. Essa senhorita diz estar ”acima das ideologias” mas é um exemplar modelo do politicamente correto, apoiadora de bandeiras tidas como ”do bem”, cuja retaguarda são, infalivelmente, o dinheiro dos globalistas e apoiou o o socialista, Ciro Gomes em 2018, o candidato do partido comunista chinês – ”acima das ideologias”? Lie! Se trata de uma idiota útil.

    ”um só idiota pode fazer mais perguntas do que 70 sábios seriam capazes de responder ” – provérbio russo.

    ps – mas o Vélez estava mal preparado, realmente.

    1. Goethe escreveu que o mais escravo dos homens é aquele que se acredita livre sem o ser. A deputada, levando-se em conta o que ela é e como, em contraste, ela se apresenta, serve à esquerda como um verdadeiro cavalo de Tróia, carregando consigo toda a parafernália “progressista” escondida sob o manto aparentemente inofensivo da isenção política.

    1. kkkkkkkkkkkkk olha que doença, o cara com foto homenageando a ditadura militar chamando de comunista o principal apoiador dos militares, que sustentou o regime por 25 anos. Tu é um verme, seu analfabeto

  4. Quando a deputada Tabata cobrou propostas do ex-ministro Velez – e o fez com propriedade e elegância, e a crítica vem em seguida dizendo das propostas de governos anteriores – Isto revela a total ignorância da maioria das pessoas sobre a educação no Brasil. Ao contrário do que se imagina, tanto o sistema de saúde no Brasil, quanto o educacional, evoluíram muito e positivamente desde o começo da década de 1990. O problema é que a maioria dos secretários estaduais e municipais de educação, independentemente da agremiação partidária de origem, esquerda ou direita, estão ali indicados pelos titulares do executivo das duas esferas, para desviar verbas. Em 2008 milhares de norte americanos migraram para o Brasil para fazer tratamento de saúde pelo nosso famigerado SUS, já que lá nos states, sem grana, morre-se. Acompanho de perto a evolução do sistema público educacional brasileiro a anos, e sim, a esquerda brasileira tentou inserir pautas periféricas no debate educacional, de maneira extremamente equivocada, mas quem tem interesse nisto? Vamos privatizar a educação também? E ai, quando os trabalhadores saírem para ganhar o sustento e não houver escola pública, os filhos a sós em casa vão estar tendo uma educação domiciliar, como a que vi em recente documentário na Síria, em que uma menina completamente desalentada, pré adolescente tentava alfabetizar os irmãos em plena guerra civil? Pra mim, peru de fora dá… e vai se embora. Não sabe, cala a boca, monte de gente dando pitaco em coisa que não conhece com um discursinho seboso parido das prega do toba do demo. Valei-me Santo Irineu de Lyon, Santiago Mata-moro, Santa Catarina de Sene, acudam.

    1. O velhaco gagá e senil do Olavo se ferrou morando nos EUA. No ano passado aquele retardado precisou fazer uma cirurgia de urgência para retirar um cisto do pulmão. Ele não tinha plano de saúde, pra quem ele recorreu? Para as olavetes retardadas que pagaram todas as despesas do astrólogo gagá. Engraçado, ele se diz contra o assistencialismo do estado, mas precisou de ajuda dos outros. Ora olavo, vai trabalhar vagabundo e ganhe a vida trabalhando com esforço. Não é assim que ele pensa?

  5. “Esquerda globalista” hahahahaha. Essas olavetes são muito retardadas, acreditam nas teorias da conspiração do astrólogo gagá e geriátrico, o Jim Jones da Virgínia. Pra quem não sabe, Olavo fez parte de uma seita islâmica, e foi embora do Brasil se borrando de medo por causa de processos que ele tem aqui por estelionato. O astrólogo é um bandido, e se ele voltar para o Brasil ele vai pra cadeia. Olavo não possui diploma e sequer tem o ensino fundamental completo, ele é um vigarista, um charlatão de marca maior. Somente os analfabetos políticos para o levarem a sério, porque aqueles que estudaram de fato jamais irão acreditar nas asneiras desse embusteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *