Que bom ser comunista em Nova York! Um poema

Que delícia ser de esquerda.

Que bom ser comunista em Nova York!
No verão, caminhar no Central Park,
curtir o acervo fixo do MoMA,
e o que quiser tomar, vai lá e toma.

Difícil é ser convicto em Havana,
viver com vinte dólares por mês,
com trinta, ser taxado de burguês,
e então ser condenado a comer Granma.

E que comuna irá para Caracas
gozar das maravilhas do Maduro
forçado a deglutir as próprias cacas
no vago desespero de um futuro?

Tiburra, Caetânus, Chicu e Jânus:
presumem ser sublimes, são tiranos.

 

Autor: Vicente Pessoa


 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *