Ministra Damares desmente a Veja: “não vou deixar o governo”

Na manhã de hoje (3) uma notícia veiculada pela Veja (em sua versão digital) balançou o universo político brasileiro. A manchete era enfática: Ministra Damares Alves pede a Bolsonaro para deixar o governoE além de cravar esse furo bombástico o portal detalhou as causas e mesmo a circunstância em que a ministra teria pedido a baixa: foi durante uma reunião protocolar com o presidente, na qual a ministra, após fazer um balanço de sua Pasta (da Mulher, Família e dos Direitos Humanos), informou a Bolsonaro que por conta de problemas de saúde e ameaças de morte entregaria o cargo.

Como a ministra se tornou uma das figuras mais emblemáticas dentro da atual gestão, a notícia de seu desligamento abrupto logo se espalhou pelo universo digital e causou importante comoção entre os apoiadores de Bolsonaro, sobretudo dentre os evangélicos.

Entretanto, segundo a própria Damares, tudo não passou de uma (mais uma) fake news da grande mídia. Veja o vídeo do desmentido:

 

 

 

Damares não desmentiu que esteja com cansada, com problemas de saúde ou que tenha sofrido ameaça de morte. Porém, reiterou seu compromisso com o governo e foi categórica ao afirmar que só sai do cargo se Bolsonaro ou alguma doença assim a forçarem (contingências as quais qualquer trabalhador está submetido).


 
 

1 thought on “Ministra Damares desmente a Veja: “não vou deixar o governo”

  1. A cara do Marco Antônio Villa foi impagável na ocasião em que a ministra negou a mentira da revista veja.
    Queria entender porque ele tem tanta raiva dessa mulher.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *