TRF-4 bloqueia quase 4 bi de investigados na Lava-Jato

Atingindo políticos do MDB, PSB e PP e outros, o bloqueio determinado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) para investigado da Operação Lava-Jato soma pelo menos 3,6 bilhões de reais.

Entre os atingidos está o Eduardo Campos (PSB), Sérgio Guerra (PSDB) e 3% do faturamento da empresa Queiroz Galvão.

Confira lista apresentada no site UOL:

R$ 1.894.115.049,55 do MDB, de Valdir Raupp, da Vital Engenharia Ambiental, de André Gustavo de Farias Ferreira, de Augusto Amorim Costa, de Othon Zanoide de Moraes Filho, Petrônio Braz Junior e espólio de Ildefonso Colares Filho;
R$ 816.846.210,75 do PSB;
R$ 258.707.112,76 de Fernando Bezerra Coelho e espólio de Eduardo Campos
R$ 107.781.450,00 do espólio de Sérgio Guerra
R$ 333.344.350,00 de Eduardo da Fonte
R$ 200.000,00 de Maria Cleia Santos de Oliveira e Pedro Roberto Rocha
R$ 162.899.489,88 de Aldo Guedes Álvaro
3% do faturamento da Queiroz Galvão


 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *