Ex-diretora da Apex tem sala arrombada e objetos pessoais furtados

A ex-diretora da Apex, Letícia Catelani, publicou no dia 10/05 em seu Twitter, a informação de que sua sala na Apex teve a porta arrombada e objetos pessoais furtados. Ela explica que buscou combater a corrupção, “fechando torneiras” na instituição. Sua exoneração teria relação com sua postura avessa aos esquemas que vinham sendo realizados dentro da entidade.

O incidente ocorre um dia após Letícia Catelani ter divulgado via site Conexão Política, imagens da tela de seu WhatsApp onde o General Roberto Escoto transmitia uma exigência da parte do General Santos Cruz, para que a Apex fizesse a renovação de contrato com um sindicato de produtores audiovisuais para participação no Festival de Cannes.

 

 


 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *