Israel: 10 países planejam mudar suas embaixadas para Jerusalém

Após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter reconhecido Jerusalém como capital de Israel e prometido mudar a embaixada de Tel Aviv para a cidade santa, o governo israelense convidou outras nações para fazerem o mesmo.

Durante um anúncio oficial, que ocorreu nesta segunda-feira (25) de natal, a Guatemala anunciou que também fará a mudança da embaixada. Entretanto, Tzipi Hotovely, representante do Ministério das Relações Estrangeiras de Israel, informou que 10 países já entraram em contato e estão se preparando para oficializar a decisão.

Também segunda-feira, a emissora de TV Canal 10 informou que a próxima nação a decretar a mudança de embaixada deve ser Honduras, uma vez que o país estreitou seus laços com Israel, assinando um acordo em que Israel concorda em apoiar as forças armadas de Honduras de uma maneira inimaginável, visando combater, principalmente, o crime organizado.

revista estudos nacionais

Junto com a Guatemala, Honduras foi uma das nove nações que votaram “não” na semana passada quando a Assembleia Geral da ONU aprovou uma resolução que declara o reconhecimento dos Estados Unidos sobre o status de Jerusalém “nulo e sem efeito”.

Ainda, agências de notícias internacionais informaram que representantes da Romênia e Eslováquia estavam trabalhando para mudar de cidade as suas representações diplomáticas. Outros países, que também estariam negociando com Israel, seriam o Paraguai e o Togo, que votou em favor de Israel na última Assembleia Geral da ONU.

As Filipinas e a República Tcheca também reconheceram, junto aos Estados Unidos, Jerusalém como a capital de Israel, mas ainda não anunciaram o cronograma para suas embaixadas. A Rússia já havia reconhecido Jerusalém Ocidental como capital de Israel em abril, mas nada declarou sobre sua embaixada.

Já a opção do Brasil foi seguir as resoluções das Nações Unidas, e não pretende mudar a embaixada nem reconhecer Jerusalém como Capital de Israel.

Por fim, o Primeiro Ministro de Israel, Netanyahu, prometeu: “Haverá mais países”.


fontes:

Times of Israel

Gospel Prime

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!