Hungria quer banir George Soros do país

Hungria quer banir George Soros do país

19/01/2018 0 Por Estudos Nacionais

revista estudos nacionaisNesta quarta-feira (17) o governo da Hungria começou a estudar a possibilidade de banir o bilionário húngaro George Soros do país, já que ele é um dos principais financiador de imigração e de movimentos de subversão cultural.

Segundo o site de notícias húngaro 444.hu, vários políticos do maior partido político da Hungria, o Fidesz (União Cívica Húngara), estão interessados na criação de uma lei “anti-Soros”. Entretanto, o Ministro do Interior, Sandor Pinter, disse que o banimento de Soros da Hungria é algo impossível, porque o empresário é um cidadão húngaro.

Em uma coletiva de imprensa, na última terça-feira (16), o diretor de comunicações do Fidesz informou que o conselho nacional do partido aderiu à rejeição da população a Soros. Recentemente, o conselho do país rejeitou a tentativa de transformar a Hungria em um país de imigrantes, informou Balazs Hidveghi. O partido pediu ao governo que usasse todos os meios necessários para interromper a implementação dos planos de George Soros (‘Plano Soros’), colocando restrições legais, se necessário, sobre as atividades de imigração e a disseminação de outros tópicos da agenda do bilionário, acrescentou.

Soros é conhecido por financiar movimentos de esquerda e entidades não-governamentais pelo mundo todo. Controla os maiores jornais do mundo por meio de sua ONG Open Society e o Project Syndicate

No ano passado, o governo decretou o fechamento da Universidade Centro-Européia, criada por Soros. O bilionário também tem feito uma campanha contra o que chamam de desafeto seu, o primeiro-ministro Victor Orban, que diz ser seu inimigo declarado.


Escrito e traduzido por: Raul Effting

fontes:

[1] The Hungary Journal

[2] 444.hu