rejeição ao aborto no brasil e no mundo

Rejeição ao aborto cresce para 87% no Brasil, segundo pesquisa

/
A rejeição da população sobre a questão do aborto aumentou.…

Legalização e pressão social são maiores causas do aborto, diz estudo

/
A cultura do aborto, incentivada pelo ativismo "pró-escolha",…

Números do aborto no Reino Unido desmontam tese da diminuição após legalização

/
Reino Unido: números da tragédia Na Inglaterra, o aborto…
aborto no uruguai
, ,

Legalização do aborto no Uruguai aumenta em 30% o número de mortes

/
ATUALIZAÇÃO DE AGOSTO DE 2017.  Governo do Uruguai divulga…
aborto
, , ,

Câmara votará fundo de programa abortista

/
[URGENTE] O PL 7371/2014, nada mais busca que obter recursos…

Os estudos sobre o aborto são uma iniciativa que visa orientar as pessoas de boa vontade que tenham dúvidas sobre a legalização do aborto.  A maioria dos dados apresentados foram obtidos de fontes científicas, oficiais e ou governamentais. Utilizou-se também de matérias da imprensa, fazendo as devidas análises e interpretações.

Números sobre o aborto no mundo

A série de artigos números sobre o aborto é uma análise que envolve diversos países, sempre com dados científicos ou dados oficiais de governos, visando demonstrar um pouco da realidade e do contexto dos países nos quais o aborto é legalizado.

Algumas justificativas para a legalização do aborto admitem concordar com a ciência quanto ao fato de que o aborto representa a eliminação da vida humana. Contudo, partem de um argumento segundo o qual o efeito da legalização poderia ser a diminuição da recorrência dos procedimentos. Esse pensamento parece alinhar-se com a proteção da vida por meio da liberação do aborto. Será que essa é realmente uma alternativa válida?

A série números sobre o aborto responde, dentre outras, à essa hipótese que é apresentada por muitas pessoas favoráveis à causa da legalização do aborto no Brasil.

Transtornos associados

Esse tópico traz uma série de evidências científicas dos males decorrentes da experiência do aborto.
Algumas pessoas dizem que haverá um grande dano psicológico à mulher caso ela leve uma gravidez indesejada adiante. Será que isso é verdade?

Os estudos científicos apresentados em Transtornos associados demonstram que a experiência do aborto traz mais males do que a experiência de levar uma gravidez indesejada adiante.

Refutações sobre o aborto

Os textos da série refutações, por sua vez, trazem reflexões morais, além de alguns dados, para responder às críticas ou exposições de pensamentos pró-legalização comumente apresentados na mídia ou por organizações que se manifestam por meio da mídia noticiosa.