Hillary sugeriu ataque à Síria poucas horas antes do bombardeio

A ex-secretária de Estado, Hillary Clinton pediu, em uma entrevista na TV nesta quinta-feira (06/04), que os EUA atacassem as bases aéreas da Síria para prevenir mais ataques com armas químicas. A sugestão da democrata foi feita poucas horas antes do bombardeio ocorrido sob as ordens do presidente Donald Trump.

“Eu realmente acredito que nós devíamos atacar seus campos de pouso e impedi-lo de usá-los para bombardear pessoas inocentes e soltar gás Sarin,” disse Clinton

O comentário foi feito durante entrevista com o colunista Nicholas Kristof do New York Times, no programa Women In The World. Clinton disse que é favorável a uma ação mais agressiva contra Assad, e acrescentou que não ter uma postura firme para com o presidente Sírio foi um dos seus piores erros políticos durante seu tempo como secretária do Estado no governo Obama. Essa foi a sua primeira entrevista desde a perda da eleição presidencial para Trump e aconteceu horas antes dos Estados Unidos lançar uma ofensiva de misseis em direção aos campos de pouso da Síria em resposta ao ataque de gás.

Traduzido: FoxNews

Notícias, artigos e estudos sobre a realidade brasileira e o contexto internacional. Selo editorial especializado em comunicação, sociologia e história recente do Brasil.
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta