Resposta da ABRAJI sobre relação com Soros

Resposta da ABRAJI sobre relação com Soros

07/06/2018 0 Por Estudos Nacionais

Em resposta à Revista Estudos Nacionais, a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (ABRAJI) declarou por meio de sua assessoria de imprensa, por e-mail: “As diversas empresas e organizações que financiam projetos da Abraji – incluindo a OSF, citada especificamente na pergunta – não têm ingerência na linha de atuação da entidade”. A declaração nos foi enviada após ter encaminhado os questionamentos à diretoria, segundo informou a assessoria.

A associação vem sendo relacionada ao milionário George Soros, por meio das doações de sua fundação. Além disso, relaciona-se com a prática das agências de fact-checking Agência Pública e Lupa, que estão hospedadas no site da Revista Piauí, pertencente ao grupo UOL, o mesmo da Folha de São Paulo. O questionamento surge em meio a acusações de parcialidade e cumplicidade com grupos como a Fundação Ford e a Open Society Foundation (George Soros), que entre 2015 e 2017 doaram juntas mais de 350 mil dólares à ABRAJI, de acordo com o site dessas fundações.

O assunto será tema do segundo Relatório Estudos Nacionais, que será disponibilizado em alguns dias neste site.

A reportagem completa sobre o Relatório que trata do uso do dinheiro de fundações internacionais para pautas de esquerda no Brasil pode ser lido na terceira edição da Revista Estudos Nacionais, publicada no mês de Junho/2018.