“Vamos destruir este mundo e construir um melhor”, diz atriz sobre heterossexualismo e pessoas brancas

“Vamos destruir este mundo e construir um melhor”, diz atriz sobre heterossexualismo e pessoas brancas

01/10/2018 0 Por Julio Gonzaga

Foto: rte.ie

A atriz Anne Hathaway, uma das mais conhecidas de Hollywood, atacou o heterossexualismo e pessoas brancas quando discursava em um Jantar Nacional da Campanha pelos Direitos Humanos no início de setembro.

Hathaway criticou o que chama de padrões sexuais e de raça em torno dos quais a sociedade tradicional é construída: “É importante reconhecer que, com a exceção de não ser um homem cisgênero, tudo a respeito de como eu nasci me colocou no centro atual de um mito prejudicial e amplamente aceito. Esse mito é que a homossexualidade orbita em torno da heterossexualidade, transgênero gira em torno do cisgênero e que todas as raças orbitam em torno da raça branca… Esse mito está errado, mas esse mito é muito real para muitas pessoas. É antigo, então é confiável. É um hábito, então é assumido como as coisas são. É herdado, então é imutável. Suas consequências são perigosas porque priorizam um certo tipo de amor, um certo tipo de corpo, um certo tipo de cor da pele e não valorizam da mesma maneira tudo o que for diferente de si mesmo.”

Explicou ainda que tal mito é orquestrado por pessoas com dinheiro e poder e que “está conosco desde quando nascemos.”

Segundo o The Daily Wire, Anne Hathaway deixou a igreja católica após seu irmão assumir ser gay publicamente.

Hathaway então passou a frequentar a igreja episcopal e justificou: “Eu aprecio essa comunidade porque juntos não vamos apenas questionar esse mito, vamos destruí-lo… Vamos destruir este mundo e construir um melhor.”