Poliamor em propaganda do Burger King durante desenhos infantis

Poliamor em propaganda do Burger King até em desenhos infantis

Com frequência, a nova campanha de marketing do Burger King tem sido veiculada em comerciais de desenhos animados de canais no Youtube, dedicados ao público infantil.

Trata-se da primeira campanha de marketing a abordar a questão do poliamor, em mais uma ação do chamado marketing de lacração, no movimento que foi classificados como “empresas a serviço da revolução cultural“.

A ação não é mero produto do acaso ou de uma busca descompromissada por abordagens de publicidade modernas e conectadas ao público jovem.

Como deixa claro a fala do diretor de marketing da empresa, Ariel Grunkraut, no site B9:

Como marca acreditamos que temos um papel importante de fazer parte de discussões como estas, deixando claro que no Burger King toda forma de amor é bem-vinda

No vídeo de 30 segundos, três jovens, aparentando 19 a 18 anos, ou menos, apresentam o diálogo:

Esse é o Gui; Esse é o Vini; Essa é a Bah. Essa a gente namora os três; Poliamor! Tem coisas que eu amo nesse, tem coisas que eu amo no outro! E esse é o poliamor do Burger King. É o Burger King em Dobro… [ao] invés de um, ou outro; um e outro! [troca de beijos no rosto entre os três personagens].

Se a campanha em si é sinal claro do engajamento da mega corporação em objetivos de engenharia social e ruptura de valores morais, a veiculação do VT de forma não segmentada, penetra em conteúdo reservado para crianças, não dando aos pais qualquer liberdade. Afinal, os pais podem estar juntos com a criança durante uso do YouTube, determinar o canal e o vídeo que as crianças irão assitir.

Mas o comercial aparece repentinamente, no meio de vídeos mais longos ou na troca de vídeos dentro do mesmo canal infantil.

Do ponto de vista dos revolucionários, é a arma altamente poderosa, pois não dá possibilidade de defesa para as famílias. Restará aos pais, tentar explicar o que é um “trisal”, após o comercial, independentemente da criança ter idade ou não para compreender.

Outro fato interessante trazido pelo site B9, é que os personagens da propaganda realmente são um “trisal”, ou seja, os atores namoram entre si, desde 2017, e são consumidores da marca.

Como parte da campanha, a empresa Burger King realizou, no dia 26 de fevereiro, um debate gratuito sobre “todas as formas de amor”, na Av. Paulista em São Paulo, contando com a presença de membros da página de Facebook “Quebrando o Tabu”.

A página da rede social foi beneficiária de doações de George Soros, por meio da fundação Open Society, mais de 53 mil dólares em 2016, confirmando o alinhamento estratégico globalista da pauta da revolução sexual com a campanha poliamor da marca Burger King.

O poliamor é uma das próximas pautas que os progressistas desejam avançar no STF (Supremo Tribunal Federal), graças ao já manifestado apoio do Ministro Barroso e vem no sentido de fragilizar a família em seu conceito e em suas garantias jurídicas.

Assista ao vídeo que já ultrapassa 4 milhões de acessos no Youtube:


 
 

2 thoughts on “Poliamor em propaganda do Burger King durante desenhos infantis

  1. Lamentável empresa alimentícia querendo modificar comportamentos da juventude, ou da nossas crianças!!!
    Nunca mais entrarei numa lanchonete dessas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *