“O socialista é a AIDS, o comunista é a doença oportunista”

Novo Ministro da Educação

Anunciada hoje (08/04), a nomeação de Abraham Weintraub para o Ministério da Educação tem sido bem acolhida nas redes. Encerrado o tíbio mandato de Ricardo Velez Rodrigues, a expectativa é que o Ministério passe finalmente a operar de acordo com os anseios populares.

Da Previdência à Educação

Apoiador de primeira hora de Bolsonaro, Abraham, que trabalha como professor  na UNIFESP, era lembrado até há pouco tempo como especialista em Previdência. Seu irmão, Arthur, também professor universitário e membro de governo, já processou alunos que o chamaram de fascista.

Em meados do ano passado, os irmãos Weintraub palestraram juntos na Cúpula Conservadora das Américas. O evento, organizado por Eduardo Bolsonaro em Foz do Iguaçu, tinha o objetivo de oferecer um contraponto ao Foro de São Paulo.

Em dado momento da sua fala, Arthur sentenciou: “O socialista é a AIDS, o comunista é a doença oportunista”. A platéia reagiu à declaração com aplausos entusiásticos.

 

Um sopro de esperança

Conhecedores em primeira mão da situação das universidades públicas, os irmãos Weintraub estão sem dúvida habilitados para lidarem com os problemas da educação. A nomeação de Abraham Weintraub é um sopro de esperança para os brasileiros – e uma ameaça para um sistema falido.


 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *