Lições de cobertura politizada para a Copa

Lições de cobertura politizada para a Copa

05/07/2018 0 Por Estudos Nacionais

Difícil saber até que ponto o futebol influencia na política. Em tempos de Copa do Mundo (e na Rússia!), os países que brigam pela vitória do campeonato são, em geral, vistos como rivais em todas as áreas e esta sensação aumenta quando estão em jogo questões que dividem os países e suas histórias. Mas a politização não tem limites para estabelecer vínculos insólitos.

O site BuzzFeed destacou algumas pérolas na cobertura do mundial da Rússia, feita pelo site do Partido da Causa Operária (PCO), que parecem dar novo sentido à função do entretenimento na sociedade capitalista. O que antes era apenas invenção burguesa para alienar a classe operária, agora parece uma maneira politicamente correta de se compreender a política internacional vista pelos olhos marxistas.

Feitas em geral com humor pela direita (embora alguns levem mesmo a sério), a relação entre as seleções dos países e sua história ou papel em diferentes visões geopolíticas parece coisa séria para certo setor da esquerda como o PCO. As matérias criticam o “abandono” do futebol por parte da esquerda. Segundo eles,  isso e´”deixar para que a direita tire todo o proveito deste evento que, para brasileiros, envolve um dos maiores patrimônios do povo: o futebol”.

O primeiro título foi em comemoração à vitória da Rússia para sediar o mundial. Veja as manchetes do site do PCO sobre os jogos da Copa do Mundo da Rússia.