Financiamento de filme de Lula é investigado pela Lava Jato

Financiamento de filme de Lula é investigado pela Lava Jato

05/01/2018 0 Por Estudos Nacionais

Encontrado e-mail de Marcelo Odebrecht sobre a produção do filme “Lula, o filho do Brasil”

Capa do filme – Lula, O Filho do Brasil

Na última quinta-feira (04), a Operação Lava Jato descobriu mais um possível escândalo ligado ao ex-presidente Lula: o filme que narra a história da sua vida, “Lula, o Filho do Brasil”. O filme estreou em janeiro de 2010 e custou cerca de R$ 17 milhões, contando com o patrocínio de empreiteiras como a Odebrecht, OAS e Camargo Corrêa. As três empreiteiras que patrocinaram o filme estão envolvidas no esquema de corrupção da Petrobras. Os patrocínios variaram entre R$ 500 mil e R$ 1 milhão. A polícia federal também está apurando o envolvimento de outros agentes no caso, inclusive o do ex-ministro Antonio Palocci. Em dezembro de 2017, os agentes de polícia já haviam tentado contatar Palocci, que está preso em Curitiba, porém, ele preferiu permanecer em silêncio, uma vez que pretende negociar um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal.

 

Durante a investigação, a Polícia Federal encontrou documentos que abordavam o financiamento do filme, enquanto juntava os e-mails do empresário e delator Marcelo Odebrecht. As mensagens mencionavam os codinomes “italiano”, que está relacionado ao ex-ministro Antonio Palocci, e “seminarista”, relacionado ao ex-ministro Gilberto Carvalho. O diretor do filme sobre Lula, Luiz Carlos Barreto, negou qualquer envolvimento dos ex-ministros nas arrecadações para o filme.

revista estudos nacionais