Senado argentino vota legalização do aborto hoje até meia-noite

Senado argentino vota legalização do aborto hoje até meia-noite

08/08/2018 0 Por Estudos Nacionais

O Senado da Argentina vota, nesta quarta-feira (8/8), a legalização do aborto no país, após a sua aprovação na Câmara de Deputados. Com 60 senadores inscritos, os discursos levarão o dia inteiro e o resultado será conhecido provavelmente após a meia-noite. O projeto prevê a ampla legalização do aborto “livre, seguro e gratuito”, em todas as instituições de saúde, até a 14º semana de gestação.

O site do jornal Clarín faz uma completa cobertura da votação, com um resumo de cada voto após os pronunciamentos dos senadores.

Tendência é de não aprovar

De acordo com o Clarín, há uma ligeira vantagem do “Não” ao aborto. Pela contagem das previsões de votos, dos 72 senadores que votarão, 38 votará pela rejeição e 31 a favor, com uma abstenção e uma ausência. Segundo a lei da Argentina, se rejeitada, a lei não poderá mais ser tratada neste ano.

Toda as atenções do país estão voltadas ao Palácio do Congresso e espera-se grandes manifestações, tanto por parte dos “verdes” (abortistas) e “celestes” (antiabortistas). A campanha dos “celestes” proclama a “proteção das duas vidas”.

Acompanhe a votação ao vivo